logo

                                       004563 d3a64bb59a9b48938200c969704a5484 mv2 d 2153 2043 s 2

Bandeira Preta: confira os protocolos a serem adotados para as diversas atividades

Devido à suspensão temporária do sistema de cogestão com o governo do Estado, a partir deste sábado (27), Chapada estará em Bandeira Preta no Modelo de Distanciamento Controlado do RS, e dessa vez sem flexibilizações. As restrições e protocolos a serem adotados seguirão as determinações estaduais até o dia 7 de março.

Confira algumas atividades e os critérios de funcionamento:

Educação: as turmas da educação infantil (creche e pré-escola) e turmas de 1º e 2º ano do ensino fundamental retornarão às aulas presenciais. Os demais anos do ensino fundamental e médio terão aulas remotas (receberão atividades para realizar em casa).

Serviço público: apenas áreas da saúde, segurança, ordem pública e atividades de fiscalização atuam com 100% das equipes. Demais serviços atuam com no máximo 25% dos trabalhadores presencialmente.

Serviços essenciais de assistência à saúde humana e assistência social: podem operar com 100% dos trabalhadores e atendimento presencial.

Comércios atacadista e varejista de itens essenciais, seja na rua ou em centros comerciais e shoppings, podem funcionar de forma presencial até às 20h, mas com restrições. Equipes de no máximo 25% dos trabalhadores são permitidas.

Supermercados, mercados, padarias e açougues: podem atender ao público, mas respeitando a lotação (trabalhadores mais clientes) de uma pessoa, com máscara, para cada 8m² de área útil de circulação, respeitando limite do PPCI, além de funcionar no modelo telentrega, pague e leve e drive-thru.

Comércio de veículos, comércio atacadista e varejista não essenciais, tanto de rua como em centros comerciais e shoppings, permite telentrega e teleatendimento, com presença de um trabalhador, com máscara, para cada 8m² de área de circulação. O atendimento na porta fica proibido.

Construção civil: Serviços de construção e obras de infraestrutura podem funcionar com teto de 75% de funcionários. Lojas de materiais de construção são consideradas serviço essencial e podem funcionar até às 20h, com atendimento presencial ou telentrega, pague e leve e drive-thru. Depois das 20h, somente por telentrega, enquanto vigorar o decreto de suspensão geral de atividades.

Bancos e lotéricas: Podem realizar atendimento individual, sob agendamento, com 50% dos funcionários.

Salões de cabeleireiro e barbeiro: permanecem fechados.

Serviços domésticos: faxineiros, cozinheiros, motoristas, babás, jardineiros e similares poderão atuar, desde que respeitado o limite de até 50% de trabalhadores (sempre ao que exceder quatro funcionários, no mínimo), além do uso obrigatório da máscara pelos empregado(s) e empregador(es) durante a prestação do serviço, para proteção de ambos, além da necessária circulação de ar cruzada (janelas abertas).

Locais públicos abertos, como ruas, praças, calçadas, parques, faixa de areia, mar, lagoa, rio e similares: proibido a permanência. É permitido circular (para praticar exercícios, por exemplo), desde que levando em consideração o distanciamento interpessoal mínimo de 1 metro e uso obrigatório e correto de máscara.

Missas e cultos: Templos religiosos vão poder funcionar com limite de até 10% do teto de ocupação ou máximo de 30 pessoas.

Funerárias: 100% dos trabalhadores

Postos de combustíveis: podem funcionar, mas é vedada a aglomeração de pessoas nos espaços de circulação e nas suas dependências.*Conveniências fechadas em qualquer horário.

Hotéis e similares localizados na cidade: 30% de ocupação. Hotéis em beiras de rodovia é permitido a ocupação de 75% dos quartos.

Restaurantes, lanchonetes, lancherias e bares: podem funcionar com 25% dos trabalhadores e apenas em sistema telentrega, drive-thru e pegue e leve. *A telentrega não tem restrição de horário.

Indústria: pode funcionar com 75% dos trabalhadores.

Transporte coletivo: 50% da capacidade do veículo e janelas abertas.

Cursos: Dança, música, idiomas e esportes também não têm permissão para funcionar presencialmente.

Lazer: Parques temáticos, zoológicos, teatros, auditórios, casas de espetáculos e shows, circos, cinemas e bibliotecas são proibidos. Demais tipos de eventos, seja em ambiente fechado ou aberto, não devem ocorrer.

Competições esportivas: As partidas de futebol profissional só podem ser realizadas após as 20h, sendo vedada a presença de público. Outras competições esportivas terão de passar por avaliação e autorização prévia do Gabinete de Crise para serem realizadas.

Academias, centros de treinamento, quadras, clubes sociais e esportivos: devem permanecer fechados.

A administração municipal coloca-se à disposição para maiores esclarecimentos.

Confira, na sequência, os protocolos da Bandeira Preta para todas as arividades e também os decretos estadual e municipal.

Decreto_55.771_2021.pdf

Decreto_Municipal_038_2021_Coronavirus_bandeira_PRETA.pdf

Protocolos_Bandeira_Preta_atualizados.pdf

Imprimir Email