logo

chapadafest

A IMPORTÂNCIA DE FALAR CORRETAMENTE

No dia 04 de outubro de 2013, esteve na Escola Emílio Carlos Linck, a fonoaudióloga do município de Chapada, Vivian Varzeletti, especialista em deficiência mental e deglutinação do idoso, trabalha na APAE de Sarandi, no Posto de Saúde de Chapada e em atendimentos a domicílio.

Esteve na Escola por meio do projeto "Saúde na Escola", conversando com alguns alunos para verificar se existe algum problema na fala e assim tomar as medidas necessárias de acordo com cada caso.

Na oportunidade, a direção do Grêmio Estudantil aproveitou para questioná-la sobre o motivo de ter optado pela profissão de Fonoaudióloga. "Não escolhi essa profissão, escolheram para mim! Sempre quis ser enfermeira. Trabalhava com crianças e idosos, me interessei na Faculdade de Fonoaudiologia, estudei 12 anos no Rio de Janeiro, na Universidade UNESA/RJ, mas pretendo fazer a faculdade de enfermagem ainda'', respondeu Vivian Varzeletti.

Ao ser questionada sobre dificuldades na formação, respondeu que não encontrou nenhuma dificuldade, manteve sempre a persistência para enfrentar os desafios. Quanto a avaliação da fala dos alunos, os problemas maiores foram detectados na educação infantil até o 4º ano. Os estudantes do 5º ano até a 8ª série possuem dificuldades na fluência das palavras.

Fonte: Grêmio Estudantil Projeto Piloto Repórter Investigativo

Imprimir Email